Dr. Ednei Silva

Tratamentos

• Mastoplastia de aumento (Prótese de mama)

A cirurgia para implante mamário é atualmente uma das cirurgias plásticas estéticas mais realizadas no mundo. Tem como princípio o uso de implantes de silicone para aumentar o volume das mamas, modificando sua consistência e projeção. Existem 3 vias de acesso para a colocação dos implantes: • via axilar | • via areolar | • via sulco infra-mamário

A melhor via de acesso varia de acordo com cada caso. Os implantes podem ser posicionados embaixo ou acima do músculo peitoral. Essa escolha será feita pelo cirurgião após o exame médico. As próteses de silicone apresentam diferentes formas, como perfil alto, super alto, anatômicas......e a escolha da prótese depende do tipo de mama a ser tratada. O tamanho do implante dependerá do biotipo, levando-se em consideração altura, tamanho atual das mamas, tipo de tórax e desejo da paciente. Em alguns casos, é necessário realizar também a mastopexia, cirurgia que corrige a ptose (queda) da mama. Felizmente nesta cirurgia, as cicatrizes podem ser colocadas em locais pouco aparentes, o que é muito conveniente nos primeiros meses. Existem três períodos de evolução das cicatrizes:
• 1° período ou período imediato (até o 30° dia): a cicatriz apresenta-se com aspecto excelente e pouco visível, podendo haver discreta reação aos pontos ou ao curativo. • 2° período ou período mediato (do 30º dia até o 12º mês): ocorre espessamento natural da cicatriz e mudança na sua tonalidade, que passa do “vermelho para o “marrom”, com clareamento posterior progressivo. • 3° período ou período tardio (do 12º ao 18º mês): a cicatriz se torna mais plana e assume tom semelhante ao da pele, atingindo seu aspecto definitivo.

Na maioria dos casos, o procedimento é realizado sob anestesia local com sedação, podendo também utilizar a anestesia peridural e tem duração entre uma a duas horas. A alta hospitalar ocorre no mesmo dia. Retornos periódicos ao consultório são necessários, de 3 em 3 dias na 1ª semana até o 15° dia, quando passa então a ser quinzenal. A recuperação não é dolorosa e os cuidados pós-operatórios são simples e incluem evitar movimentos bruscos com os braços, não fazer esforço físico e utilizar sutiã modelador por 30 dias. É importante evitar exposição solar por um período de 45 dias pelo risco de hiperpigmentação da cicatriz. O retorno às atividades físicas se dá após 30 dias do procedimento. Complicações neste tipo de cirurgia são extremamente raras e incluem hematomas, infecção, seromas, extrusão da prótese (rejeição) e retração capsular. A satisfação é imediata neste tipo de cirurgia, pois o trauma cirúrgico não é grande, a recuperação é bastante rápida e os resultados são observados logo após o procedimento.