Dr. Ednei Silva

Tratamentos

• Rinoplastia (Plástica de nariz)

A rinoplastia é uma das cirurgias plásticas de maior impacto estético e social, pois além de visar a harmonia do rosto, muitas vezes exerce papel relevante em aspectos psicológicos decorrentes de uma desproporção rino-facial. O resultado final do nariz deve ser adequado à forma da face, respeitando e preservando sua naturalidade. A cirurgia para correção do nariz está indicada a partir dos 16 anos, quando as estruturas ósseas e cartilaginosas estão desenvolvidas, ou antes, em casos de extrema disfunção funcional e estética. Problemas funcionais associados, como hipertrofia de corneto e desvio de septo podem ser corrigidos juntamente à disfunção estética.

Na maior parte das vezes, a cirurgia é realizada por dentro do nariz, não deixando cicatrizes aparentes. Em casos especiais, uma cicatriz imperceptível é colocada na columela (parte inferior do nariz). Em caso de redução das asas nasais, duas pequenas cicatrizes são colocadas nos sulcos entre as asas e a face que com o passar das semanas, também se tornam praticamente imperceptíveis.

A anestesia pode ser local com sedação ou geral e a cirurgia dura cerca de duas horas. A alta hospitalar se dá no mesmo dia. Durante o pós-operatório, é necessário manter o estabilizador ósseo nos primeiros 7 dias e realizar lavagem periódica da cavidade nasal com soro fisiológico. O uso de tampões não é necessário, o que facilita a respiração do paciente logo após a cirurgia. O hematoma resultante é variável e geralmente cede em até 15 dias. Apesar da recuperação ser praticamente indolor, é importante manter repouso relativo na primeira semana para evitar sangramentos. A redução do inchaço é gradual e o resultado definitivo pode ser visto em 6 meses. É importante evitar exposição solar, bem como o uso de óculos principalmente nos primeiros 30 dias. O retorno às atividades pode se dar já na primeira semana após a cirurgia.